4 dicas para conquistar a preferência do público da terceira idade

 Na Categoria Marketing

Apesar de a população brasileira ser bastante jovem, a terceira idade tem ganhado grande representatividade de uns anos para cá. De acordo com o último censo do IBGE, 12% dos brasileiros têm mais de 60 anos de idade.

A terceira idade é uma fase cheia de altos e baixos. Enquanto a aposentadoria permite um aumento no tempo livre das pessoas, o corpo já não tem a mesma força que tinha na juventude. Ao mesmo tempo que o idoso é visto como um ser sábio e experiente, ele também pode ser julgado como teimoso e inflexível, gerando um conflito de gerações.

Mas, acima de qualquer coisa, o idoso continua sendo um consumidor. Ele ainda faz compras e avalia todo e qualquer tipo de serviço ou produto sem o menor pudor, visando o atingimento de expectativas que todo comprador visa.

Por isso, é de extrema importância que você saiba lidar com esse perfil de consumidor, que tem todo o potencial do mundo para fazer o seu negócio decolar se você souber explorar suas forças e fraquezas. Principalmente se ficar de olho nas dicas abaixo.

1. Não confunda idade avançada com pouca inteligência

É muito comum ver idosos sendo atendidos como se tivessem alguma limitação de compreensão. Afinal de contas, se ele tem tanto tempo de vida, provavelmente tem muito mais sabedoria e experiência do que o visual bonachão pode apresentar. Por isso, não se deixe enganar pelas aparências. Aquele cabelo branquinho combinando com as ruguinhas nos olhos não são sinal de burrice, mas de conhecimento. Valorize a experiência do consumidor idoso. Trate ele com respeito, e não com condescendência.

2. Respeite as limitações do corpo

Por mais que existam pessoas da 3ª idade gozando de perfeita saúde e forma, é necessário compreender que o corpo humano não tem mais a mesma energia, força e disposição depois dos 60 anos. Por isso, é de suma importância que você respeite essas limitações, oferecendo no seu ponto de venda o mínimo de conforto possível.

Por isso, disponha de cadeiras para que o seu cliente possa esperar mais confortavelmente, assim como corredores largos para que eles possam transitar com bengalas, andadores e até cadeiras de rodas. Acessibilidade é palavra-chave para esse público.

3. Incentive a experimentação

Por ser muito comum ter sua inteligência subestimada, o público da terceira idade é muito desconfiado. Por isso, quando adquirem confiança em uma marca, tem o hábito de se fidelizar com muito mais frequência que o público mais jovem. Além disso, o tempo livre que os idosos dispõem graças à aposentadoria é maior, permitindo que eles não tenham pressa na hora de tomar decisões de compra.

Por isso, promover a experimentação é uma forma de conquistar esse consumidor, não somente pelo desenvolvimento da confiança, mas também pelo volume de fidelização que você pode converter a favor da sua empresa.

4. Simplifique as transações

Justamente por ser muito desconfiada, a terceira idade tem a tendência de desistir da compra se os procedimentos do ponto de venda forem muito complicados. Por isso, simplifique. Agilizar os seus processos de transação e finalização de compra é um grande ponto a favor do seu negócio. Não somente com o consumidor em geral, que já está bem cansado de burocracias, mas também o consumidor da melhor idade, que ainda costuma preferir o bom e velho dinheiro.

Mas, acima de qualquer coisa, o respeito ao consumidor da terceira idade não deve ser visto como uma forma de diferenciá-lo do consumidor mais jovem. Deve, ao contrário, ser uma forma de equalizar as condições para que todos os consumidores possam ser tratados com uma só humanidade.

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta