5 passos para criar uma marca de sucesso

 Na Categoria Marketing

A gente já sabe que a marca é apenas uma parcela de tudo que a sua empresa representa. Mas será que é só isso mesmo? Será que o design do logo não tem responsabilidade sobre o sucesso do seu negócio?

Pode até ser que não. Pelo menos se fizermos uma análise bem superficial. Mas não podemos esquecer que a sua marca diz muito sobre a sua empresa. Ela é a imagem do seu negócio. A bandeira. O estandarte. E é por isso que é muito comum confundir marca com branding. Na semana passada, nós já resolvemos esse problema. Por isso, o post de hoje é dedicado a um dos elementos mais cruciais para o futuro do seu empreendimento. Vamos lá?

A sua marca começa a ser desenvolvida muito antes de chegar na mesa do designer. Por isso, preparamos umas dicas para ajudar você a conceber a sua própria ideia.

 

1. Paciência

 

A construção de uma marca é um processo que leva tempo. Por isso, não espere que o seu logo fique pronto da noite para o dia. E não estamos falando do design. É muito comum que o próprio cliente tome seu tempo para conseguir traduzir em palavras tudo que espera de uma nova marca. Por isso, tenha paciência. Não só com o resto do mundo, mas com você mesmo.

E não é apenas uma questão de tempo. Manter a calma é importante para lidar com outras dificuldades que podem aparecer no caminho. Por isso, quando tiver que começar a realizar um processo de construção de logo, saiba que é um período difícil e desafiador, mas que pode transformar o seu negócio e o seu produto.

 

2. Público-alvo

 

Para que a criação da sua marca corresponda às expectativas do seu público, é muito importante que você o conheça muito bem.

O primeiro passo para isso é definir quem é o seu target. Sexo, idade e classe social são apenas alguns dos elementos a serem levados em consideração. Vá além. Entenda o que estimula o seu consumidor a fechar uma compra. Tente entender suas motivações, seus gostos, suas preferências.

Acima de tudo, entenda o que eles esperam do seu produto e que você deve fazer para dar ao seu público o que ele precisa. Através dessa relação entre a sua empresa e o seu cliente, você consegue compreender o que faz sentido e o que não faz na hora de construir a sua marca.

 

3. Diferencial

 

Em resumo, diferencial é o resultado de você conhecer tão bem o seu público-alvo. Como? Simples: no papel, diferencial é o que torna a sua empresa diferente da sua concorrência, certo? Legal! Então pensa comigo: Quem me dá a noção do que precisa mudar para que o meu negócio se desenvolva? Quem tem o poder de me dizer o que eu preciso alterar no meu produto para poder fechar mais vendas? Isso é diferencial. Mostrar que você abriu o seu negócio para mudar algo. Para transformar.

Use isso a seu favor. O seu diferencial é o seu maior discurso de venda. É através dele que você consegue convencer o público-alvo de que a sua marca tem o que nenhuma outra tem. E é assim que o sucesso vem. E por que não traduzir isso na sua marca?

 

4. Mensagem

 

No final das contas, tudo que a gente quer é fazer com que o consumidor entenda o que você quer dizer com a sua marca. Por isso, a mensagem da sua empresa começa no seu logo.

Não basta apenas você saber o que a sua marca significa. Se o público não conseguir entender, seu investimento corre o risco de ter sido à toa. Por isso, é importante que a mensagem esteja muito clara para quem quiser ver. O que é a sua empresa? O que ela faz? Como ela faz? De que forma ela contribui com o bem-estar do seu target? Que problemas ela irá resolver? Se você souber responder a todas essas perguntas, há uma grande chance de você conseguir desenvolver uma marca de muito sucesso.

 

5. Conceito

 

A sua marca é muito mais que apenas uma marca. Ela é tudo que a sua empresa representa. Ela está no logo, assim como no atendimento ao cliente. Está no logo assim como está no projeto de pesquisa e desenvolvimento de um novo produto. Se tudo o que diz respeito à sua empresa estiver conectado de alguma forma, você tem um conceito. Você tem uma marca completa.

Tomemos a Netflix, por exemplo, uma das empresas que mais cresceram no mundo nos últimos anos. Com uma proposta de informalidade e proximidade, a marca trabalha com uma linguagem fácil de se entender e faz com que o cliente se sinta indispensável. Desde o post super informal no Facebook até um informativo mais sério, existe todo um conceito que torna a empresa muito mais que apenas uma marca. E é esse o seu objetivo.

Mas esses passos não livram você de contar com uma empresa que preza por qualidade, criatividade e novas formas de se comunicar. De qualquer forma, você vai precisar de profissionais excelentes e inovadores para contribuir com o desenvolvimento do seu logo. Por isso, conte com a Academia da Marca desde o começo, para que possamos construir juntos uma nova história para o seu cliente.

 

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta