Como se posicionar no mercado e se tornar referência.

 Na Categoria Marketing

Assumir um posicionamento perante o mercado de consumo é uma ação necessária e indispensável se você quer fazer a sua empresa crescer. Para Phillip Kotler, um dos maiores nomes do marketing no mundo todo, posicionamento é “a ação de projetar o produto e a imagem da organização, com o fim de ocupar uma posição diferenciada na escolha de seu público-alvo”.

Ou seja, posicionar-se é uma forma de mostrar ao seu target quem é você, qual é a sua e por que é melhor investir o dinheiro comprando o seu produto ao invés de ir para o concorrente.

Para definir um posicionamento, entretanto, é necessário prestar atenção em alguns fatores de grande importância no seu relacionamento com o consumidor. Pode parecer difícil ou complexo, mas não é. Preste atenção e comece a tomar uma posição o quanto antes.

1. Conheça seu público

Como você vai poder agradar o seu público e conquistar a confiança e a fidelização se você não sabe quem compra o seu produto? Por isso, entender o que o seu consumidor pensa e como ele toma decisão de compra é crucial para que você possa traçar uma estratégia de posicionamento, pois é o cliente que vai reagir à comunicação da sua marca.

Para isso, aproveite cada oportunidade de venda para entender o que o cliente busca ao procurar a sua empresa. Pergunte, demonstre interesse. Faça uma pesquisa, se necessário, o que poderá esclarecer coisas que talvez nunca passaram pela sua cabeça antes.

2. Tenha um diferencial

Mas nada de dizer que o seu diferencial é a qualidade. Qualidade nunca é diferencial. Qualidade é o mínimo que você pode oferecer. É o mínimo que o seu cliente espera. Diferencial é algo que só a sua marca tem. Só você pode oferecer. Nenhum outro concorrente pode além de você.

Ter um diferencial parece a coisa mais fácil do mundo, mas não é. Por isso, prestar atenção no seu cliente é imprescindível para que você possa analisar os prós e contras que ele levanta a respeito da sua marca, facilitando, assim, a percepção do que pode se tornar um diferencial para o seu negócio.

3. Agregue conteúdo

As mídias sociais são um excelente disseminador de conteúdo. Através da geração de informação pertinente ao seu posicionamento, você poda fortalecer o conceito da sua marca, gerar proximidade com seu target e ainda agregar valor ao seu negócio.

A rede de supermercados Dia, por exemplo, usou e abusou da geração de conteúdo para agregar valor à marca. No site da empresa, é possível acessar a Revista DIA, contendo matérias sobre saúde, bem estar e receitas que o consumidor pode fazer com produtos encontrados nos mercados.

4. Mantenha a posição

A não ser que, no futuro, haja uma necessidade de se reposicionar, mantenha seu discurso de acordo com o posicionamento atual. Por isso, é necessário que se tome cuidado com todo e qualquer conteúdo publicado em nome da sua marca, para que a sua promessa não seja descumprida. E isso não significa apenas o que você divulga em mídias sociais ou peças publicitárias. Até um depoimento que você dá em uma entrevista ou na forma como você atende e trata seu cliente são passíveis de fazer você quebrar toda uma imagem que construiu.

Manter um posicionamento de mercado é um desafio difícil de se executar, mas oferece louros valiosos para o empreendedor que tiver disposição para ir adiante com a ideia. Para dar aquela força, você pode sempre contar com a expertise da equipe da Academia da Marca e desenvolver em conjunto um planejamento de reposicionamento que vai dar um brilho todo especial à sua marca.

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta