Conheça o Marketing Social, a área que vende o bem para uma sociedade melhor!

 Na Categoria Marketing

Saiba o que é e como funciona o Marketing Social, categoria que busca uma sociedade mais consciente e atuante em prol de um mundo melhor.

 

Para quem já assistiu ao filme Naufrago, o nome Wilson representa muito. Lançado em 2000 e estrelado por Tom Hanks (impecável no papel), o longa conta a história de Chuck Noland, um funcionário da FedEx que, em uma de suas viagens de negócios, sofre um acidente aéreo que o leva a uma ilha deserta no Pacífico Sul. Sozinho na ilha e quase entrando em desespero, ele faz um “amigo” improvável: a bola de vôlei Wilson, que acompanha o personagem de Hanks em todos os momentos, minimizando usa solidão durante os 4 anos em que ele ficou isolado – a despedida dos dois é emocionante!

Dentre outras coisas, o filme discute muito a incapacidade de o homem viver fora de uma sociedade, os problemas que a envolvem e as futilidades nos fazem questionar se de fato precisamos dela. E é justamente para tornar ela um pouco melhor que o Marketing Social foi criado.

Nas próximas linhas, vamos explicar o que é, como funciona e a importância do Marketing Social, área que abstraiu a função do marketing original para cumprir um único objetivo: o de vender o bem para a sociedade.

 

Do começo, para entender o bem

Década de 70. A sociedade vivia um período de transição muito grande em política, economia, artes (cinema e música), entre outras áreas. O marketing também surfava essa onda, ganhando corpo e evoluindo conforme o mercado pedia. Nesse cenário, Gerald Zaltman e Philip Kotler () (olha o papai aí!) entenderam que o marketing e seus atributos poderiam ser usados para algo maior do que vendas, que influenciasse positivamente na sociedade. Foi com esse pensamento do bem que surgiu o Marketing Social.

marketing social

Planejamento de mercado, análise, estratégia e técnicas de gerenciamento. O marketing sendo utilizado para uma vida melhor da sociedade

Falando de uma maneira mais técnica e usando a definição de Kotler, o “Marketing Social é um processo que aplica princípios e técnicas para criar, comunicar e entregar valor de forma a influenciar comportamentos do público alvo que beneficiem a sociedade, assim como o próprio público-alvo”. Em outras palavras, essa área usa o planejamento de mercado, análise, estratégia e técnicas gerenciais para trazer uma qualidade de vida melhor para a sociedade e o indivíduo que a compõe.

Nesse contexto, o objetivo das campanhas de Marketing Social é sempre buscar, de um jeito ou de outro, acabar, conscientizar ou melhorar algum tipo de problema social, como aqueles em moradia, educação, saúde, transporte entre outros.

Para ilustrar, olha o que a Marvel fez. Eles usaram o Marketing Social em uma ação com Tom Holland, o protagonista do filme Homem-Aranha: De volta ao Lar – leia aqui e aqui os nossos artigos sobre a contribuição que o Cabeça de Teia oferece ao marketing digital. Antes do filme ser lançado, o ator separou um tempo para visitar crianças em um hospital de Los Angeles. Veja no vídeo abaixo!

Quem atinge o bem?

O público-alvo do Marketing Social são todos aqueles que vivem em sociedade. No entanto, tudo vai depender do tipo de sociedade em si, assim como as vontades do próprio anunciante que em sua maioria, é formado por órgãos públicos e empresas do terceiro setor.

Por exemplo: existem campanhas que por terem um apelo mundial, atingem pessoas de diferentes nacionalidades e locais. No entanto, existem ainda aquelas ações que são menores, que conscientizam somente sobre problemas daquele local. Independentemente do tamanho da ação, o Marketing Social oferece a oportunidade para qualquer um se junte em prol de uma causa em comum.

Um excelente exemplo disso é o projeto TETO, que só pelo slogan “Faça Parte da Mudança”, diz bem ao que veio. Há mais de 10 anos no Brasil, a iniciativa trabalha ao lado de voluntários e moradores para construir moradias e promover uma melhor educação em bairros.

 

A importância do bem

O Marketing Social se mostra muito útil quando pensamos em dois lados: o do mercado e o social em si.

Do lado do mercado, essa área é importante por ajudar a empresa a ter uma conquista maior do cliente e mostrar uma outra faceta da marca que o público ainda não conhece. Quer ver como isso é importante? Em pesquisa recente feita pela Akatu, 50% da audiência brasileira entende que é muito importante que uma empresa tenha alguma participação social. Já no ponto de vista social, esse marketing envolve o público. Ele se torna parte de determinada ação, justamente por mostrar que aquela campanha não tem motivação comercial, mas sim o simples desejo de ver a sociedade melhor. Esse tipo de causa sensibiliza o público, causando empatia com aquela ação – o Teleton é um exemplo que une os dois lados da moeda, o social e o de mercado.

marketing social

O Marketing Social convida a todos os indivíduos da sociedade a transformarem o mundo em um lugar melhor

Uma das coisas mais bacanas que o filme Náufrago discute é a necessidade do homem de viver em sociedade. O ser humano não nasceu para viver sozinho. O Marketing Social entra na jogada exatamente para nos lembrar que na interação e união entre as pessoas, está a chave para fazermos coisas inimagináveis. Fazer o bem está dentro do ser humano e quando vemos isso no próximo, vemos que também somos capazes de fazer tal coisa. Por mais que nossa história insista em provar o contrário, mesmo que seja em uma bola de vôlei com o nome Wilson, enquanto houver humanidade, o bem sempre será possível.

Matérias

Deixe uma resposta