Mudança de carreira – Primeiros passos

 Na Categoria Marketing

Carreira – Uma das maiores lutas internas que as pessoas enfrentam em grandes cidades como São Paulo é a estabilidade profissional. Não estamos falando de grana. Mas sim de fazer o que se gosta. Ou gostar do que se faz. É muito comum que um profissional descubra, depois de construir uma carreira sólida e de sucesso em uma área de trabalho, que está infeliz com seu emprego e decide dar uma virada vertiginosa.

Acontece que mudar de carreira não é uma decisão simples ou sequer fácil. Todas as etapas da mudança exigem decisões definitivas e planejamento. A matéria de hoje pretende dar uma luz a quem está pensando em fazer acontecer uma transformação em sua vida profissional de modo a contribuir com uma realização pessoal.

Para fazer dar certo, é necessário prestar atenção em alguns pontos principais. Dessa forma, a transição acontecerá sem grandes problemas. Mas é válido lembrar que isso não pode acontecer de uma hora para outra. Mudança de carreira afeta diversos aspectos na vida de uma pessoa, tornando indispensável um planejamento com objetivos de curto, médio e longo prazo.

Geralmente, a decisão de mudar vem da necessidade de se fazer o que se gosta em detrimento da estabilidade financeira que provém de um trabalho pessoalmente insatisfatório. Por isso, é importante que essa transição ocorra de forma planejada e sem pressa.

O primeiro passo para mudar de carreira

O primeiro passo para que se tenha sucesso na nova jornada é investir na formação. Por isso, vale a pena começar a procurar cursos que forneçam informação e conhecimento a respeito da área almejada. Se a mudança for muito grande, vale a pena até começar uma nova graduação. Mas, se não for necessário, uma pós graduação pode resolver o problema.

Mas, acima de tudo, é importante ressaltar que a nova carreira deve ser iniciada de baixo. Quando não há experiência na atividade, não se pode exigir altas posições e salários equivalentes ao que se ganhava no passado. Essa nova fase, portanto, acarretará em um grande baque financeiro em um primeiro momento. Para amenizar essa instabilidade, faz-se necessário um replanejamento orçamental, principalmente quando há família envolvida, já que a sua decisão acabará afetando as pessoas que você ama.

Por se tratar de uma decisão muito difícil e muito pessoal, existe uma grande chance de não haver o apoio de amigos e familiares. Não é por mal. Eles só não querem que você passe por nenhum problema que afete sua estabilidade. Uma boa saída para que haja suporte é a procura por profissionais que passaram pela mesma mudança que você. Faça networking. Conheça pessoas. Principalmente se sua nova carreira não tiver nada a ver com a atual. Você vai precisar recomeçar sua rede de contatos profissionais de qualquer jeito. Então por que não começar com alguém com a mesma experiência? Provavelmente você ganhará bons conselhos e boas orientações para alcançar o sucesso desejado.

Cuide da sua saúde

Mas, acima de qualquer coisa, é de extrema importância que você cuide da sua saúde. Com todos os altos e baixos que estarão por vir, seu corpo precisa estar preparado para lidar com os estresses decorrentes da sua decisão. Mesmo sendo passageiros, você não quer estar fisicamente debilitado quando tudo começar a dar certo.

Viu? Não é fácil. Mudar de profissão é uma decisão grande, difícil e definitiva. Por isso, tenha em mente que isso é o que você realmente quer. Tenha em mente também que talvez você ame seu hobby justamente porque é um hobby. Transformar isso em uma profissão pode afetar sua vida em vários aspectos, mas principalmente na paixão que você carrega pela área que deseja investir. Mas, se você tiver certeza de que essa é a mudança que você precisa para alcançar aquela felicidade plena que parece existir só nos filmes, siga os passos de forma calma, fria e planejada e seja feliz na sua nova carreira.

 

 

Matérias

Deixe uma resposta