Os 7 Pecados Capitais das Redes Sociais

 Na Categoria Digital

A vida do anunciante se tornou muito mais fácil depois das mídias sociais. Portais como o Facebook, Linkedin e Twitter são hoje grandes e significativos elos de comunicação com o consumidor. Por esse motivo, é preciso ter muito cuidado ao se publicar qualquer conteúdo social online, pois o que parece ser uma grande sacada pode se revelar um pecado mortal para o seu negócio.

Por isso, confira as dicas da Academia da Marca para tirar o melhor proveito possível de uma das mais poderosas ferramentas de relacionamento com o consumidor que já existiram na história da comunicação. Saiba quais são os maiores pecados na hora de colocar a sua marca nas mídias e como fazer para evitar cometê-los.

Orgulho

Quando se trata de mídias sociais, precisamos deixar bem claro que quem dita as regras é o público. Em nenhum momento, a empresa ou o empresário devem se colocar em uma posição superior a quem faz o sucesso ou o fracasso da sua marca. É simples assim.

Por esse motivo, tenha cuidado ao lidar com seu público. Lembre-se de tratá-lo com carinho, atenção e, acima de tudo, RESPEITO. Responda a todas as mensagens que forem enviadas à sua empresa, fazendo o possível para resolver o problema encontrado pelo cliente. Ignorá-lo ou tratá-lo com desrespeito ou desconsideração pode se tornar uma grande dor de cabeça. Evite isso oferecendo um tratamento VIP para quem mais merece.

Ira

Você provavelmente já ouviu falar que um cliente insatisfeito comenta muito mais sobre a empresa do que o satisfeito. E é verdade. Vivemos em um mundo onde o consumidor adquiriu total liberdade para se manifestar a respeito de tudo aquilo que consome, inclusive a sua marca.

Nesse sentido, é indispensável ter jogo de cintura para salvar não apenas o relacionamento com o cliente, mas também a imagem da sua empresa em frente a um público que não está mais levando desaforo para casa. Não deixe a ira falar mais alto. Pegue o que você aprendeu sobre o orgulho e faça de tudo para resolver o problema do seu público.

Inveja

Ficar de olho na concorrência é essencial para ficar sempre por dentro do que acontece no mercado. Até aí tudo bem! Mas você não precisa sair fazendo tudo que o seu concorrente faz só porque ele é maior e mais conhecido.

Tenha cuidado em dar uma imagem única e própria à sua empresa. Não faça com que ela seja uma segunda versão de algo que já existe. Transforme sua marca na primeira a fazer algo que ainda não existe.

Se essa hipótese estiver longe da realidade, comece agora a procurar o seu lugar ao sol. Diferencial é tudo na vida de uma empresa, e a sua precisa ser diferente da concorrência.

Gula

As mídias sociais são como o sistema digestivo da gente. Todo conteúdo publicado é uma forma de alimento. Muitas vezes, o que parece ser uma pizza cheia de queijo e molho de tomate pode ser interpretado como um complexo de gorduras e carboidratos. Por isso, é melhor prestar atenção no volume e na qualidade das postagens que você coloca no ar em nome da sua empresa.

Tudo que é demais faz mal. Postagens demais. Hashtags demais. Propaganda demais. Aprecie as mídias sociais com moderação. Uma dieta balançada de conteúdo é indispensável para a saúde da sua empresa na internet.

Por isso, procure desenvolver um programa de publicações equilibrado, com conteúdo útil e pertinente ao mercado onde atua, sem esquecer de promover a sua marca também, mas considerando que propaganda é apenas uma das utilidades de cada mídia social.

Preguiça

Equilíbrio é palavra de ordem quando se trata de mídias sociais. Por isso, a falta de conteúdo é tão prejudicial à imagem da sua empresa quanto o excesso. Deixar sua conta jogada às moscas é ainda pior do que sequer ter uma conta. É melhor que seu nome não seja encontrado do que ser relacionado a uma página fantasma. Pelo menos assim você terá a chance de conectar a sua marca e começar agora uma nova fase.

Para não pecar pelo excesso e nem pela falta, veja a quantidade ideal de posts para as maiores mídias sociais da atualidade:

Facebook 1 a 2/dia
Instagram 1 a 2/dia
Twitter 4 a 5/dia
Linkedin 1 a 3/semana

 

Luxúria

É muito comum relacionarmos a palavra luxúria com sexo. Luxúria é muito mais do que isso. Trata-se da exposição de intimidade e de informações que podem denegrir a sua imagem e a de terceiros.

Para fins de comparação, vamos trabalhar a luxúria dessa forma, percebendo a importância do uso devido da imagem da sua empresa nas publicações online.

Portanto, pense muito bem na mensagem que você quer passar ao seu público. Tenha certeza de que sua linguagem é apropriada e está dentro dos padrões da língua. Tenha certeza de que o seu público reconhece a linguagem que você escolheu usar na comunicação. Não adianta nada tentar falar com um público formado por atletas e esportistas usando uma linguagem formal e retraída, assim como você não deve usar e abusar das gírias e falácias na hora de conversar com advogados e executivos, por exemplo.

Avareza

Não tenha medo de investir. A vantagem de se trabalhar com mídias sociais é que você pode escolher o quanto quer pagar para fazer a sua marca aparecer mais.

Conte com a Academia da Marca para realizar um plano de impulsionamento de mídias sociais. Você pode anunciar e gastar apenas o quanto quiser, trabalhando na divulgação da sua marca sem estourar o próprio orçamento e fazendo com que sua marca apareça para mais pessoas em mais lugares.

Considerações Finais

No final das contas, fica muito mais fácil evitar os pecados capitais das redes sociais quando você tem em quem confiá-las. Por isso, a Academia da Marca oferece soluções inovadoras em comunicação, seja dentro ou fora da internet. Clique aqui e comece agora mesmo a tomar conta do seu negócio.

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta