Parte Final – Tecnologias que você não sabia que foram inventadas durante a guerra!

 Na Categoria Digital

Olá Acadêmicos!

Chegamos enfim na última parte do nosso especial sobre os avanços e invenções tecnológicas que foram criados ou desenvolvidos durante algum período de guerra.

Já falamos, nas últimas duas matérias, o quanto uma guerra fomenta a evolução tecnológica. Apesar de que se olharmos a fundo, esses avanços seguem o padrão de serem feitos para uso militar e apenas anos ou décadas depois implantados ou incorporados para a população civil.

 Veja a Parte 1 – Primeira Guerra Mundial
Veja a Parte 2 – Segunda Guerra Mundial

Hoje, iremos falar sobre uma guerra um pouco diferente. Falaremos sobre a Guerra Fria, onde EUA e URSS (União Soviética) fizeram longos conflitos indiretos em busca da supremacia mundial para determinar não só quem era a maior potência do mundo, mas também qual era a mais moderna e correta forma de governo: o capitalismo americano ou o comunismo soviético.

Mas, como aqui o nosso foco é outro, esse assunto fica para outro dia. O nosso foco nesse especial é matar a curiosidade e mostrar o que você usa direta ou indiretamente no seu dia a dia. Vamos lá?

 

Personal Computer (o famoso PC)

ibm_px_xt_color

Antes dos anos 80, os computadores eram enormes e ficavam trancafiados em salas refrigeradas onde poucos tinham o acesso para operar o gigante. Não eram muitos aqueles que tinham a capacidade de comprar um mainframe daquele. Portanto, tudo era muito restrito aos bancos e grandes empresas da época.

No início dos anos 1980, empresas como Apple já fabricavam computadores pessoais. Os equipamentos eram difíceis de usar e a utilidade era bastante limitada. Por isso, vou dar ênfase ao primeiro computador pessoal e acessível de verdade:  o IBM PC 5150. Ele era o modelo mais barato lançado pela empresa e era voltado tanto para escritórios como para uso doméstico.  Ao todo, a IBM estava crente de que iriam vender 240 mil unidades do 5150 em uma margem de cinco anos. O susto? Essa meta foi batida no primeiro mês!

 

Tupperware

img_11134f03c68481b70a48f987495ea3d23f637

As famosas Tupperware, que nós sempre usamos em nossas casas tem uma história que remete aos anos 50. O inventor e engenheiro americano Earl Tupper decidiu inovar: com polímeros mais caros que os plásticos baratos da época, criou um produto mais resistente, duradouro e confiável que seus concorrentes. Outra sacada que a empresa teve na época foi perceber que o produto não iria vender tão bem em lojas de departamentos, já que as explicações que o produto necessitava e merecia não eram tão bem explicadas. Foi assim então, que decidiram contratar uma dona-de-casa com um enorme faro de marketing para fazer a propaganda e a venda de porta em porta.

Para você ver a força que eles tinham com suas reuniões e demonstrações dos produtos, chegou uma época nos EUA em que as reuniões da Tupperware eram mais famosas até do que os próprios produtos!

 

Câmera Digital 

camera-digital-polaroid-16-mp-hd-is829-photo22619776-12-0-3e

Hoje em dia, é quase impossível alguém não ter algum dispositivo que fotografe algum momento. Temos celulares, câmeras profissionais e uma infinidade de possibilidades de efeitos para melhorar ainda mais a qualidade de cada foto que tiramos. Antigamente, não era bem assim.

As primeiras imagens digitais foram capturadas em 1965. A imagem é digital quando não é necessário o uso de filme. Imagine o que era isso nos anos 60! É claro que essa tecnologia não estava na mão de qualquer um, já que as primeiras 22 fotos (em preto e branco) foram feitas pela sonda Mariner 4 (veja mais sobre ela no site da NASA) para fotografar a superfície de Marte. Outra coisa que chama a nossa atenção era a resolução: 0,04 megapixels! Quer mais? As fotos demoraram 4 dias para chegar até a Terra :).

 

 

Satélites

17981664-_sx540_

Era 4 de outubro de 1957 quando o  primeiro satélite artificial foi colocado em órbita pela União Soviética, o Sputnik 1. Ele tinha apenas 58 centímetros de diâmetro, mas pesava 83kg e demorou quase 100 minutos para ser colocado em órbita ao redor da Terra. Foi a partir deste momento que se iniciou a corrida espacial entre a União Soviética e o Estados Unidos. O mundo ficou alvoraçado pelo feito que os soviéticos haviam realizado ao mesmo tempo que o medo tomou conta de todos, afinal, existia assim, a capacidade dos soviéticos de lançarem também mísseis balísticos. Um mês depois, o mundo se surpreendeu novamente quando o Sputnik 2 foi lançado junto com o primeiro ser vivo a orbitar a Terra: a cadela Laika.

 

Internet

internet

Existe algo que me permite escrever esse texto, que permite você ler esse texto e que permite o mundo todo se comunicar em tempo real. A responsável por essa maravilha da comunicação também foi criada durante a Guerra Fria. O que deixa a história menos poética foi o motivo pela qual a Internet inicialmente foi criada. Sua função na época era interligar as bases militares, garantindo que suas informações não fossem perdidas caso uma das bases sofresse algum ataque, mantendo as informações tanto na base A quanto na base B.
Claro que hoje vivemos em um mundo onde a ausência da internet causaria um caos. Mas vale lembrar que ela passou a ser usada por civis e pela população apenas no final dos anos 80 e inicio dos anos 90.

 

Chegamos ao fim desse especial. Espero que com esses três textos, nós da Academia da Marca pudemos mostrar para nossos amigos e leitores que a vontade, persistência e não desistir, mesmo nos dias mais difíceis da vida. Afinal, se até em momentos de guerra, destruição e tristeza, a humanidade teve seus benefícios, por que você iria ter medo de dar um novo passo para seguir em frente, empreender e buscar o sucesso? As oportunidades estão à sua frente. Às vezes pode até doer, mas no final da batalha você vai receber sua medalha de honra ao mérito e se orgulhar todos os dias do que fez!

 

Até a próxima, soldado!

Matérias

Deixe uma resposta