Saiba como bater a concorrência

 Na Categoria Marketing

A concorrência é um fator indispensável no desenvolvimento da sua marca perante o mercado, já que mantém as suas estratégias afiadas enquanto você disputa a preferência do consumidor dia após dia. Com o objetivo de gerar uma competição saudável de mercado, é necessário que você preste atenção em alguns detalhes a respeito dos seus concorrentes, sejam eles diretos ou indiretos, e a respeito do seu próprio negócio.

Nesse sentido, desenvolvemos algumas dicas que vão ajudar você a ficar de olho e a lidar com a competição, de modo a fazer com que a concorrência contribua com o seu negócio.

1. Conheça seu concorrente através do benchmarking.

O primeiro passo para estar à frente da sua competição é o conhecimento. Mais do que transformar seus concorrentes em dados numéricos a fim de entender suas forças e fraquezas, o benchmarking permite que você perceba detalhes e nuances a respeito das empresas que disputam com você a preferência do consumidor.

Procure explorar todas as informações que o seu concorrente disponibiliza online. Entre nas redes sociais e explore os dados da marca. Leia os comentários a respeito dela. A impressão do público sobre o seu concorrente pode fazer toda a diferença. Além disso, conheça os pontos de venda e as práticas de mercado de cada um dos seus adversários. Use essas informações a seu favor. Eles também farão o mesmo com você.

2. Não entre em uma guerra de preços.

Nós sabemos que o mercado em crise faz com que cada venda seja muito mais importante que o normal. Nesse sentido, cair em um leilão negativo pode ser uma estratégia inevitável na hora de disputar o favoritismo do consumidor. Mas é preciso cuidado para não desvalorizar o seu produto.

As condições de pagamento são um diferencial competitivo, mas não podem se tornar o fator determinante para a decisão de compra do seu consumidor. Ao invés disso, procure agregar valor ao seu produto, fazendo com que o público queira pagar o valor que se pede pelo seu produto. Tendo em mente que preço e valor não são a mesma coisa, você é capaz até mesmo de fechar vendas por números superiores ao da concorrência.

3. Inspire-se, mas não copie.

O benchmarking é uma prática de mercado que abre o seu campo de visão a respeito dos seus concorrentes. Isso permite que você compreenda como eles atuam e quais as estratégias que mais funcionam. Mas, ao contrário do que se pensa, você não está limitado a elas. Saber discernir quais práticas valem a pena replicar e quais valem a pena fazer exatamente o contrário é o que torna o empreendedorismo uma verdadeira arte.

Nesse sentido, é muito importante que você consiga compreender quando e como agir em relação aos seus adversários. Conhecimento é uma ferramenta poderosa, mas que pode prejudicar o seu julgamento. Por isso, é de essencial importância que você saiba a diferença entre copiar e inspirar, tornando a sua gestão muito mais efetiva quando você usa todas as ferramentas disponíveis a favor da sua marca.

4. Use seu concorrente a seu favor.

Pode parecer estranho, mas essa dica é muito mais válida do que aparenta. Transforme-se em um cliente do seu concorrente. Utilize seus serviços e entenda as vantagens e desvantagens do negócio do seu adversário.

Como cliente, você consegue entender os diferenciais competitivos do seu concorrente através de um ponto de vista mais próximo, o que permite uma compreensão aperfeiçoada das táticas e estratégias praticadas pela marca. Isso dá a você uma percepção mais ampla das opções que você pode explorar em cada fator pertinente ao seu negócio.

Considerações Finais

Em resumo, o que faz a diferença na hora de se trabalhar o relacionamento com a concorrência é o conhecimento. Quando a gente conhece a nossa competição, as suas estratégias se tornam mais efetivas, já que elas foram desenvolvidas tendo em mente o funcionamento de outras empresas que atuam na mesma área.

 

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta