Como tirar fotos profissionais dos seus produtos com o celular

 Na Categoria Marketing

Confesso que já estava com saudade de escrever aqui. Espero que tenham gostado do trabalho do Bruno, que quebrou um galhão durante essas duas semanas e continuará mandando matérias incríveis nas terças. Mas, agora que estou de volta, vamos ao que interessa: ajudar vocês a continuar vendendo muito e dando mais visibilidade ao seu negócio.

Nós sabemos que a contratação de um fotógrafo profissional é sempre a saída mais eficaz para produzir material publicitário da mais alta qualidade para o seu produto ou serviço. Mas, por ser um trabalho tão bom, nem sempre cabe no nosso orçamento. Por isso, é muito comum termos que fazer nós mesmos a fotografia para o desenvolvimento das peças de comunicação.

Para tanto, é bom ficar de olho em alguns aspectos que vão aumentar a qualidade da sua fotografia publicitária. Essas dicas, inclusive, podem ser utilizadas até para fotos pessoais, não se aplicando apenas a produtos. Vamos lá?

1. Aproveite a Era Digital (parte 1)
Uma das maiores vantagens da fotografia digital é o fato de que nós podemos errar. Não estamos mais limitados à quantidade de poses disponíveis em um rolo fotográfico. Se não ficou boa, tira mais uma. Se ficou, tira mais uma que pode ficar ainda melhor. Por isso, fotografe muito. Fotografe à vontade. Fotografe pra caramba. Até acertar. Até ficar perfeito. Hoje, é possível. Faça bom proveito dessa vantagem sem medo de ser feliz.

2. Invista em Acessórios
Fazer fotografia de qualidade exige algum investimento mesmo quando se opta pela não contratação de um profissional. Você não precisa comprar uma câmera super incrível que custa uma pequena fortuna para isso, mas é sempre bom ter em mãos alguns equipamentos, como um tripé (existem no mercado modelos de tripés com suporte para câmeras), um kit básico de iluminação e até mesmo um fundo infinito, que pode ser feito com cartolina.

O fundo infinito é primordial para fazer fotografias que ficam com tudo branco atrás. Ele se caracteriza pela ausência de uma linha de horizonte, dando a impressão de que não há um fim no background (daí o nome). Ele é facilmente produzido com uma cartolina ou até mesmo um lençol (para fotografar em maiores proporções). Veja o modelo abaixo, que pode ser feito em casa.

FONTE: Elo7

3. Cuide da Iluminação
Já que falamos de iluminação, vamos dar um pouco mais de atenção a esse elemento, que vai definir a qualidade final da sua fotografia. Você não precisa gastar muito com isso, mas nem sempre o abajur da sala vai ajudar.

O primeiro passo é utilizar apenas lâmpadas brancas. Deixe o amarelo e outros tons para fotografias mais dramáticas ou artísticas. Quando o assunto é publicidade, escolha iluminar seu produto inteiro. E não tem luz melhor que a branca para isso.

Outro fator importante é o cuidado com o contraponto: as sombras. Não queremos que o seu produto fique no escuro ou que tenha sombras invadindo a fotografia. Principalmente se for necessário (e provavelmente será) recortar o fundo branco para a montagem de peças publicitárias como folders, panfletos ou até mesmo lojas virtuais. Ilumine todo o cenário. Na frente, nos lados e até no fundo, para eliminar todas as sombras. Mas cuidado para não iluminar demais, deixando a sua fotografia estourada.

4. Enquadre com precisão
Lembre-se sempre: a estrela da sua foto é o seu produto. Por isso, não o deixe cortado ou em menor destaque. Para garantir isso, deixe uma margem ao redor do seu produto, o que também pode facilitar na hora de um ocasional recorte.

Caso a sua fotografia esteja em um cenário, sem aquele fundo infinito que discutimos anteriormente, deixe um espaço para a inclusão de um texto publicitário. Para tanto, é importante que o produto não fique no centro da mesma, tomando espaço que poderia ser utilizado para ofertar e vender. Para facilitar esse trabalho, use a regra do 3×3.

A regra do 3×3 consiste em dividir a imagem em 3 linhas e 3 colunas, fazendo algo parecido com um jogo da velha no quadro. Enquadre seu produto no encontro dessas linhas, gerando proporções que fazem bem aos olhos e abrindo espaço para que você possa colocar textos na imagem.

FONTE: Infoescola

5. Aproveite a Era Digital (parte 2)
A segunda vantagem que a era digital nos oferece é a infinidade de aplicativos que otimizam a qualidade da sua foto. Clique aqui e veja alguns programas que podem facilitar a sua vida como fotógrafo publicitário.

6. Use, mas não abuse dos filtros
Um dos recursos mais comuns nesses aplicativos fotográficos é o uso dos filtros. Eles deixam as fotos mais bonitas, mais brilhantes, mais artísticas. São super legais. Mas podem acabar prejudicando a sua fotografia quando o assunto é vender. Por isso, use com moderação, levando em consideração que a estrela das suas fotos é o produto, e é ele quem merece destaque.

Lembre-se de que, mesmo levando em conta todas as dicas acima listadas, a melhor opção é sempre a contratação de um profissional, já que ele dispõe não apenas do equipamento, mas também da expertise para que você possa extrair o máximo da qualidade que você, como empresa, dispõe ao seu consumidor.

Já bancou o fotógrafo na sua empresa? Conte para nós sobre a sua experiência nos comentários abaixo. Você também pode deixar dicas de aplicativos para os nossos leitores.

Até a próxima!

Matérias

Deixe uma resposta